Albert Anastasia

Albert Anastasia


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Albert Anastasia nasceu em Tropea, Itália, em 26 de fevereiro de 1902. Anastasia mudou-se para os Estados Unidos em 1919 e estabeleceu-se em Nova York. Ele se juntou à gangue liderada por Joe Masseria. No entanto, em 1931, concordou em se juntar a Lucky Luciano e Bugsy Siegel, no assassinato de Masseria em um restaurante de Coney Island.

Em 1933, Anastasia tornou-se membro do grupo que mais tarde obteve o nome de Murder Incorporated. Anastasia e pistoleiros como Louis Lepke Buchalter e Abe Reles executaram execuções por dinheiro.

Após a prisão e execução de Louis Lepke Buchalter em 1944, Anastasia tornou-se o líder da Murder Incorporated.

Em 25 de outubro de 1957, Albert Anastasia foi assassinado enquanto estava sentado em uma cadeira de barbeiro em um hotel de Nova York.


Albert Anastasia é mais conhecido como Criminoso. Mafioso italiano conhecido por fundar a Máfia americana e comandar a Murder, Inc .. Albert Anastasia nasceu em 26 de setembro de 1902 Na Itália. Ele entrou ilegalmente nos Estados Unidos em um cargueiro em 1919. Albert Anastasia é um dos criminosos de maior sucesso. Ele está classificado na lista de pessoas famosas que foram nascido em 26 de setembro de 1902.

Ele também ocupa uma posição entre os Criminosos Mais Populares.

Família: pais, filhos e parentes

Seus pais eram Raffaelo Anastasio e Louisa Nomina de Filippi. Ele não compartilhou informações suficientes sobre os detalhes da família. No entanto, como nossa equipe está trabalhando atualmente, atualizaremos as informações de Família, Irmãos, Cônjuge e Filhos.

PaiNão disponível
MãeNão disponível
Irmão (s)Não disponível
Irmã (s)Não disponível
CônjugeNão disponível
Filhos (s)Não disponível
Outros parentesNão disponível

Umberto Anastasio nasceu em 26 de setembro de 1902 em Parghelia, Calabria, Itália, e Anastasia e seus irmãos chegaram a Nova York em um cargueiro em 1919. Eles trabalharam como estivadores na orla do Brooklyn, e Anastasia passou a controlar seis capítulos do International Associação dos estivadores no Brooklyn. Anastasia aliou-se a Joe Masseria e sua família do crime Masseria durante a Guerra Castellammarese e juntou-se a Lucky Luciano, Meyer Lansky e Bugsy Siegel durante sua cruzada para exterminar a velha máfia. Anastasia era um dos pistoleiros que assassinaram Masseria em Coney Island restaurante. Anastasia e Louis Buchalter criaram Murder, Inc. durante a década de 1930, e ele foi responsável por entre 400 e 1.000 assassinatos, o que lhe valeu o apelido de "o Chapeleiro Maluco". Ele foi o mais temido assassino da máfia americana das décadas de 1930 e 1940 e ingressou no Exército dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, mas nunca participou de um combate. Em 1951, ele se tornou o chefe da família do crime Gambino após o assassinato de Vincent Mangano, e Anastasia aliou-se a Frank Costello para impedir que Vito Genovese assumisse o controle da família de Costello (a futura família do crime genovês).

Queda

Em 25 de outubro de 1957, dois assassinos genoveses entraram na barbearia do Park Sheraton Hotel, onde Anastasia estava cortando o cabelo. Os homens armados atiraram em Anastasia em sua cadeira, e Anastasia se levantou e tentou atacar seus assassinos. No entanto, ele bateu no espelho em vez disso, e foi baleado várias vezes no chão. A morte de Anastasia fez com que Carlo Gambino assumisse o controle da família, e Genovese falharia em suas tentativas de matar Costello.


Mafia Executioner Albert Anastasia & # 39s 1920s Home

O Little Italy de Red Hook na Pioneer Street era uma extensão densa e saborosa de cortiços, mercados de produtos agrícolas e tabernas. Foi também onde o promissor mafioso Albert Anastasia encontrou um lar na década de 1920.

Junto com três de seus irmãos, em 1919 Anastasia desembarcou ilegalmente de um navio de carga da Itália em que estava trabalhando. Aos 17 anos, ele se estabeleceu como estivador, trabalhava no trabalho manual e relaxava bebendo e jogando, tudo a cinco quarteirões das docas.

Em 1921, aos 19 anos, Anastasia já havia se destacado nas docas e logo se envolveu no sindicato local. Trabalhando para subir na hierarquia sindical por meio de acordos secretos e aliados bem escolhidos, Anastasia se tornou um dos principais líderes da notoriamente corrupta International Longshoreman’s Association no final da década de 1920.

O sindicato do estivador era amplamente controlado pela Máfia, e os talentos de Anastasia foram colocados em uma variedade de usos. Ele acabou fundando um dos negócios de matança mais ferozes da América, o braço de execução da Máfia apelidado de "Assassinato, Inc.", ganhando o próprio Anastasia apelidos como "O Chapeleiro Maluco" e "O Senhor Alto Executor".


As cinco famílias

Foi nessa fase que Maranzano reorganizaria a máfia em cinco famílias. Anastasia foi nomeado subchefe de Vincent Mangano's família, que hoje é conhecida como a Família do Crime Gambino.

Pouco depois da partida de Joe Masseria, foi o assassinato de Salvatore Maranzano que era um personagem completamente diferente de Joe The Boss. Joe The Boss era um desleixado, Maranzano era respeitável e bem vestido.

Em setembro de 1931, os homens de Luciano entraram nos escritórios de Maranzano e eliminaram seus guarda-costas que não estavam armados na época devido a uma nova política que Maranzano havia aplicado para que eles não fossem encontrados portando armas de fogo se revistados pela lei.

Com os guarda-costas fora do caminho, os homens de Luciano atiraram e esfaquearam Maranzano em seu próprio escritório.

Foi que Luciano fundou o Sindicato Nacional do Crime que consistia em grandes chefes de família de todo o país, bem como as Cinco Famílias de Nova York, com o objetivo de regulamentar atividades ilegais lucrativas, como extorsão, jogos de azar e contrabando.


Albert Anastasia

Umberto & quotAlbert & quot Anastasia (26 de setembro de 1902 & # x2013 25 de outubro de 1957) foi um mafioso, assassino e chefe do crime ítalo-americano. Um dos fundadores da moderna máfia americana e fundador e chefe da Murder, Inc., Anastasia era o chefe do que se tornou a moderna família do crime Gambino. Ele também controlou a zona portuária de Nova York durante a maior parte de sua carreira criminosa, incluindo os sindicatos dos estivadores. Ele foi assassinado em 25 de outubro de 1957, por ordem de Vito Genovese e Carlo Gambino Gambino posteriormente tornou-se chefe da família.

Anastasia foi uma das figuras mais implacáveis ​​e temidas do crime organizado da história americana. Sua reputação lhe rendeu os apelidos de & quotO Exército de Um Homem Único & quot, & quotMad Hatter & quot e & quotLord High Executioner & quot.

Albert Anastasia (nascido Umberto Anastasio, 26 de setembro de 1902 & # x2013 25 de outubro de 1957) foi um dos mafiosos da Cosa Nostra mais implacáveis ​​e temidos na história dos Estados Unidos. Fundador da máfia americana, Anastasia dirigiu Murder, Inc. durante a era pré-guerra e durante a maior parte da década de 1950 foi chefe do que se tornaria a moderna família do crime Gambino. Ele é talvez o assassino mais temido da era de ouro da máfia americana, ganhando os infames apelidos & quotthe Mad Hatter & quot e & quotLord High Executioner. & Quot

Conteúdo [show] Biografia [editar] Primeiros anos [editar] Albert Anastasia nasceu em 26 de setembro de 1902, em Tropea, Calabria, Itália. Seus pais eram Raffaelo Anastasio e Louisa Nomina de Filippi. O sobrenome era & quotAnastasio & quot, mas Albert começou a usar & quotAnastasia & quot em 1921.

Raffaelo Anastasio era um ferroviário que morreu após a Primeira Guerra Mundial, deixando nove filhos e três filhas. Os irmãos de Albert incluíam Salvatore, Frank, Joseph, Gerardo e Anthony Anastasio. [1] Anastasia era casada com Elsa Barnesi e eles tiveram um filho, Anthony Anastasia Jr. [2] Eles teriam outro filho e duas filhas.

Em 1919, Anastasia e três de seus irmãos chegaram à cidade de Nova York, trabalhando em um cargueiro. Abandonando o navio, os irmãos entraram ilegalmente nos Estados Unidos. Os meninos logo começaram a trabalhar como estivadores na orla do Brooklyn. [1]

Em 17 de março de 1921, Anastasia foi condenada pelo assassinato do estivador George Turino como resultado de uma briga. Anastasia foi condenada à morte e enviada para a prisão estadual de Sing Sing em Ossining, Nova York, para aguardar a execução. Devido a um tecnicismo legal, no entanto, Anastasia ganhou um novo julgamento em 1922. Como quatro das testemunhas de acusação originais haviam desaparecido nesse ínterim, Anastasia foi libertada da custódia em 1922. [1]

Em 6 de junho de 1923, Anastasia foi condenada por porte ilegal de arma de fogo e sentenciada a dois anos na prisão municipal. [1]

Ascensão ao poder [editar] No final da década de 1920, Anastasia havia se tornado um dos principais líderes da International Longshoremen's Association (ILA), controlando seis capítulos locais do sindicato no Brooklyn. Anastasia aliou-se a Giuseppe & quotJoe the Boss & quot Masseria, um poderoso líder de gangue no Brooklyn. Anastasia logo se tornou associada com os futuros chefes da Cosa Nostra, Joe Adonis, Charles & quotLucky & quot Luciano, Vito Genovese e Frank Costello. [2]

Em 1928, Anastasia foi acusada de um assassinato no Brooklyn, mas as testemunhas desapareceram ou se recusaram a testemunhar no tribunal. [2]

Guerra de Castellammarese [editar] Em 1930, Luciano finalizou seus planos para assumir o controle do crime organizado em Nova York, destruindo as duas facções da velha máfia lideradas por Masseria e Salvatore Maranzano. Luciano expôs sua trama para Anastasia, que se juntou a ele e Benjamin & quotBugsy & quot Siegel na trama. Anastasia garantiu a Luciano que mataria a todos para que Luciano chegasse ao topo. Anastasia sabia que se Luciano comandasse o Sindicato do Crime Nacional, ele eventualmente teria uma "parte da ação". A essa altura, Luciano havia secretamente dado seu apoio a Maranzano.

Em 15 de abril de 1931, Anastasia supostamente participou do assassinato de Masseria. Luciano havia atraído Masseria para uma reunião em um restaurante em Coney Island, Brooklyn. Durante a refeição, Luciano pediu licença para ir ao banheiro. Assim que Luciano saiu, Anastasia, Vito Genovese, Joe Adonis e Bugsy Siegel correram para a sala de jantar e atiraram em Masseria até a morte. A guerra terminou e Maranzano foi o vencedor. [3] Ninguém jamais foi indiciado pelo assassinato de Masseria. Na reorganização subsequente de Luciano da máfia de Nova York em suas cinco famílias atuais, Anastasia foi nomeada subchefe da família criminosa de Vincent Mangano, a moderna família criminosa Gambino. [4]

Em setembro de 1931, Maranzano foi assassinado e Luciano se tornou o mafioso proeminente na América. [5] Para evitar as lutas de poder e disputas territoriais que levaram à Guerra Castellammarese, Luciano criou o Sindicato Nacional do Crime, formado pelos principais chefes de família de todo o país e as chamadas "cinco famílias" de Nova York. O Sindicato deveria servir como um órgão deliberativo para resolver disputas, dividir e distribuir territórios e regular atividades ilegais lucrativas, como extorsão, jogo e contrabando (que chegou ao fim com a revogação da Lei Seca em 1933). A máfia ítalo-americana tinha seu próprio corpo, conhecido como Comissão. [6]

Em 1932, Anastasia foi indiciada sob a acusação de assassinar outro homem com um furador de gelo, mas o caso foi arquivado por falta de testemunhas.

Em 1933, Anastasia foi acusada de matar um homem que trabalhava em uma lavanderia novamente, não havia testemunhas dispostas a depor. [2]

Murder, Incorporated [editar] Para recompensar a lealdade de Anastasia, Luciano colocou ele e Louis & quotLepke & quot Buchalter, o principal chantagista trabalhista da nação, no controle do braço de fiscalização do Sindicato, Murder, Inc. A tropa, também conhecida como & quotThe Brownsville Boys & quot, era um grupo de assassinos judeus e italianos que operavam nos fundos da Midnight Rose, uma loja de doces de propriedade do mafioso Louis Capone no bairro de Brownsville, no Brooklyn. Durante seus dez anos de operação, estima-se que Murder Inc. cometeu entre 400 e 1000 assassinatos, muitos dos quais nunca foram resolvidos. Por sua liderança na Murder, Inc., Anastasia foi apelidado de & quotMad Hatter & quot e & quotLord High Executioner & quot. [7] Ao contrário de Lepke e muitos outros membros da Murder, Inc., Anastasia nunca foi processada por nenhum desses assassinatos. Alguns duvidam que ele estivesse envolvido, já que como subchefe de uma família, ele tinha seus próprios assassinos para usar se necessário. Durante este período, o cartão de visita de Anastasia afirmava que ele era um & representante de vendas & quot da Convertible Mattress Corporation no Brooklyn.

Em 7 de junho de 1936, Luciano foi condenado por 62 acusações de prostituição compulsória. [8] Em 18 de julho de 1936, Luciano recebeu pena de 30 a 50 anos de prisão estadual. [9] Genovese se tornou o chefe interino, mas foi forçado a fugir para a Itália em 1937 após ser indiciado por um assassinato em 1934. Frank Costello agora se tornou o chefe interino da família do crime Luciano.

Em maio de 1939, Anastasia supostamente ordenou o assassinato de Morris Diamond, funcionário de um sindicato de caminhões no Brooklyn. Diamond era um oficial do Teamsters Union que se opôs às tentativas do mafioso Louis Buchalter de manter o controle do Garment District em Manhattan. [10] [11] No verão de 1939, Anastasia teria organizado o assassinato de Peter Panto, um ativista do ILA. Panto havia liderado um movimento por reformas democráticas na população local do ILA e se recusou a ser intimidado por funcionários do ILA. Em 14 de julho de 1939, Panto desapareceu, seu corpo foi posteriormente recuperado em uma fazenda em Nova Jersey. [12] [13]

Com a prisão de Abe Reles em 1941 por acusações de homicídio, a polícia finalmente desmantelou Murder, Inc. Reles era um líder de gangue de Brownsville, Brooklyn, que fornecia pistoleiros para Anastasia and Murder, Inc. nos últimos 10 anos. Reles decidiu testemunhar para que o governo se salvasse da pena de morte. Seu depoimento condenou sete membros da Murder Inc. Reles também tinha informações que poderiam implicar Anastasia nos assassinatos de Diamond e Panto em 1939. Com medo de ser processado, Anastasia ofereceu uma recompensa de $ 100.000 pelo assassinato de Reles. [14]

Em 12 de novembro de 1941, Reles foi encontrado morto no telhado de um restaurante do lado de fora do Half Moon Hotel em Coney Island. Reles estava sendo vigiado em uma sala do sexto andar durante um julgamento em andamento. Em 1951, um grande júri decidiu que Reles morreu acidentalmente enquanto descia para o quinto andar usando lençóis amarrados a um radiador de aquecimento. No entanto, muitos funcionários ainda suspeitavam que Reles havia sido assassinado. [11]

Na primavera de 1942, Anastasia supostamente ordenou o assassinato de um associado, Anthony Romeo. Romeo foi preso e interrogado no assassinato de Panto. No entanto, no final de junho, o corpo de Romeu foi descoberto perto de Guyencourt, Delaware. Romeo foi espancado e baleado várias vezes. [15]

Segunda Guerra Mundial [editar] Durante a Segunda Guerra Mundial, Anastasia supostamente originou o plano para obter o perdão de Luciano ajudando no esforço de guerra. Com a América precisando de aliados na Sicília para avançar na invasão da Itália e o desejo da Marinha de dedicar seus recursos à guerra, Anastasia orquestrou um acordo para obter um tratamento mais leve para Luciano enquanto ele estava na prisão e, após a guerra, uma liberdade condicional em troca da máfia protegendo a orla e da ajuda de Luciano com seus associados na Sicília. [16]

Em 1942, Anastasia ingressou no Exército dos EUA. Ele pode ter sido motivado pelo desejo de escapar das investigações criminais que estavam desmantelando a Murder Inc. Alcançando o posto de sargento técnico, Anastasia treinou soldados para serem estivadores em Fort Indiantown Gap, na Pensilvânia. Em 1943, como recompensa pelo serviço militar, Anastasia recebeu a cidadania dos Estados Unidos. [1] Em 1944, Anastasia foi dispensado com honra do Exército e mudou-se com sua família para uma mansão em Fort Lee, New Jersey. [2] Em 1958, menos de um ano após a morte de Anastasia, o comediante Buddy Hackett e sua esposa compraram a mansão, [17] e após reformas eles se mudaram e viveram lá durante a maior parte da década de 1960. [18]

Em 1945, as autoridades militares dos EUA na Sicília devolveram Genovese aos Estados Unidos para ser julgado pelo assassinato de 1934 em Boccia. No entanto, após a morte da principal testemunha de acusação, todas as acusações contra Genovese foram retiradas. Em 1946, o governador de Nova York, Thomas E. Dewey, comutou a sentença de Luciano e o governo federal imediatamente o deportou para a Itália. [19]

Em 1948, Anastasia comprou uma fábrica de vestidos em Hazleton, Pensilvânia, e deixou suas atividades na orla sob o controle de seu irmão Anthony. [2]

Boss [editar] Em 1951, o Senado dos EUA convocou Anastasia para responder a perguntas sobre o crime organizado nas audiências de Kefauver. Anastasia recusou-se a responder a quaisquer perguntas. [1]

Apesar de ser um poder da máfia em seu próprio direito, Anastasia era nominalmente o subchefe da família do crime Mangano sob o chefe Vincent Mangano. Durante seu governo de 20 anos, Mangano se ressentiu dos laços estreitos de Anastasia com Luciano e Costello. Mangano ficou particularmente irritado porque Luciano e Costello obtiveram os serviços de Anastasia sem primeiro pedir a permissão de Mangano. Esta e outras disputas de negócios levaram a lutas acaloradas, quase físicas entre os dois mafiosos. [20] No início de 1951, Vincent Mangano desapareceu e seu corpo nunca foi encontrado. Em 19 de abril de 1951, o corpo de Philip Mangano, baleado três vezes, foi descoberto em um pântano em Bergen Beach, Brooklyn. [21] Ninguém jamais foi preso nos assassinatos de Mangano, mas foi amplamente assumido que Anastasia os havia matado. [22]

Após a morte dos irmãos Mangano, Anastasia, que era chefe interino da família Mangano, reuniu-se com a Comissão. Anastasia afirmou que os Manganos queriam matá-lo, mas não admitiram tê-los matado. [23] Com o estímulo de Costello, a Comissão confirmou a ascensão de Anastasia como chefe da renomeada família Anastasia. Costello queria Anastasia como aliada contra o ambicioso e ressentido genovês. Anastasia também foi apoiada por Joseph Bonanno, que simplesmente queria evitar uma guerra de gangues. [20] [23]

Em março de 1952, Anastasia supostamente ordenou o assassinato de Arnold Schuster. Schuster era um jovem nova-iorquino que identificou com sucesso o ladrão de bancos fugitivo Willie Sutton, resultando na prisão de Sutton. Quando Anastasia viu Schuster sendo entrevistado na televisão, ele teria dito: & quotEu não suporto gritadores! Acerte aquele cara! & Quot Em 8 de março de 1952, um atirador matou Schuster a tiros em uma rua em Borough Park, Brooklyn. Esta acusação pública contra Anastasia foi feita em 1963 pela testemunha do governo Joseph Valachi, mas muitas pessoas na aplicação da lei eram céticas a respeito. Ninguém jamais foi preso no assassinato de Schuster. [24] [25]

Em 9 de dezembro de 1952, o Governo Federal entrou com uma ação para desnaturalizar Anastasia e deportá-lo porque ele mentiu em seu pedido de cidadania. [26]

Conspiração [editar] Para assumir o controle da família Luciano, Genovese precisava matar Frank Costello. No entanto, Genovese não poderia matar Costello sem também eliminar Anastasia. Para fazer isso, Genovese precisava de aliados.

Vito Genovese usou o comportamento brutal de Anastasia contra ele em um esforço para cortejar seus apoiadores, retratando Anastasia como um assassino instável que ameaçou exercer pressão da polícia sobre a Cosa Nostra. Além disso, Genovese apontou que Anastasia vinha vendendo membros de sua família criminosa por US $ 50.000, uma clara violação das regras da Comissão que enfureceu muitos mafiosos de alto nível. De acordo com Valachi, Anastasia vinha perdendo grandes quantias de dinheiro nas apostas em corridas de cavalos, o que o tornava ainda mais ranzinza e imprevisível. [22]

Ao longo dos próximos anos, Genovese secretamente ganhou o apoio de Anastasia capo Carlo Gambino, oferecendo-lhe a liderança da família de Anastasia em troca de sua cooperação. [27] Genovese também recebeu aprovação tácita de Meyer Lansky. Um dos primeiros associados de Luciano, Lansky cuidou da maioria dos interesses comerciais de Luciano nos Estados Unidos. Lansky e Genovese também eram sócios comerciais na década de 1920. Genovese não poderia matar Anastasia e Costello sem o apoio de Lansky.

A ganância de Anastasia logo levou Lansky a ajudar Genovese. Durante a década de 1950, Lansky controlava todos os jogos de cassino em Cuba, oferecendo aos patrões da Cosa Nostra partes menores de seus lucros. Quando Anastasia exigiu uma fatia maior, Lansky recusou. Anastasia então começou sua própria raquete de cassino em Cuba. Enquanto Lansky preferia assistir Anastasia e Genovese lutando um contra o outro do lado de fora, Lansky agora deu seu apoio ativo a Genovese.

Em 23 de maio de 1955, Anastasia se confessou culpado de evasão fiscal por subnotificar sua renda durante o final dos anos 1940. [28] Em 3 de junho de 1955, Anastasia foi condenada a um ano de prisão federal e multa de $ 20.000. [29] Após sua condenação, o governo federal entrou com uma petição em um tribunal federal para revogar a cidadania de Anastasia para que ele pudesse ser deportado. No entanto, em 19 de setembro de 1955, um tribunal superior anulou essa decisão. [30]

No início de 1957, Genovese decidiu mudar para Costello. Em 2 de maio de 1957, o atirador Vincent Gigante atirou e feriu Costello do lado de fora de seu prédio. [31] Embora a ferida tenha sido superficial, persuadiu Costello a ceder o poder a Genovese e se aposentar. Genovese agora controlava o que agora é chamado de família do crime Genovese. Joseph Bonanno mais tarde se creditaria por organizar uma reunião onde impediu Anastasia de levar Genovese imediatamente para a guerra em resposta. [32]

Em 17 de junho daquele ano, Frank Scalice, subchefe de Anastasia e o homem identificado como o responsável direto pela venda de títulos de Gambino, também foi assassinado. De acordo com Joseph Valachi, Anastasia aprovou o golpe e o subsequente assassinato do irmão de Scalice, Joseph, depois de oferecer perdão por suas ameaças de vingança de Frank. [33]

Assassinato [editar] Na manhã de 25 de outubro de 1957, Anastasia entrou na barbearia do Park Sheraton Hotel, na 56th Street e 7th Avenue em Midtown Manhattan. [34] O motorista de Anastasia estacionou o carro em uma garagem subterrânea e depois deu um passeio do lado de fora, deixando Anastasia desprotegida. Enquanto Anastasia relaxava na cadeira de barbeiro, dois homens - lenços cobrindo seus rostos - entraram correndo, empurraram o barbeiro para fora do caminho e atiraram em Anastasia. Após a primeira rajada de balas, Anastasia supostamente investiu contra seus assassinos. No entanto, a atordoada Anastasia havia realmente atacado os reflexos dos atiradores no espelho da parede da barbearia. Os atiradores continuaram atirando e Albert Anastasia finalmente caiu no chão, morto. [35]

O assassinato de Anastasia gerou um tremendo interesse público e desencadeou uma investigação policial de alto perfil. De acordo com o jornalista do New York Times e autor de Five Families, Selwyn Raab, & quotA imagem vívida de uma vítima indefesa envolta em toalhas brancas foi carimbada na memória pública. & Quot [36] No entanto, ninguém foi acusado neste caso. [37] Com o tempo, as especulações sobre quem matou Anastasia centraram-se no mafioso da família do crime Profaci, Joe Gallo, na família do crime Patriarca de Providence, Rhode Island, e em certos traficantes de drogas com a família Gambino.

Inicialmente, o NYPD concluiu que o ataque a Anastasia foi arranjado por Genovese e Gambino, e foi executado por uma equipe liderada por & quotCrazy Joe & quot Gallo da família Profaci. [36] A certa altura, Gallo se gabou para um associado de sua parte no golpe:

& quotVocê pode simplesmente chamar nós cinco de quinteto da barbearia. & quot [38]

No entanto, os detratores dizem que era ilógico para Profaci matar Anastasia. [Quem?] Profaci era aliado de Bonanno e Anastasia na Comissão contra Genovese, Costello e Thomas Lucchese. Ao matar Anastasia, Profaci estava eliminando um aliado e ganhando um inimigo potencial em Gambino.

A teoria da Patriarca é que os assassinos de Anastasia vieram da Família Patriarca em Providence / Boston. Genovese tinha laços tradicionalmente fortes com o chefe da Patriarca, Raymond L.S. Patriarca. Além disso, fazia sentido usar pistoleiros de fora da cidade. A equipe de ataque do Patriarca foi supostamente liderada pelo mafioso John (Jackie) & quotMad Dog & quot Nazarian.

A teoria dos traficantes de drogas é que Gambino usou alguns traficantes de drogas Gambino do Lower East Side de Manhattan para matar Anastasia, incluindo Stephen Armone, Stephen Grammauta e Arnold Wittenberg. [37] [39]

Consequências [editar] Esperava-se que Carlo Gambino fosse proclamado chefe da família de Anastasia no Encontro Apalachin de 14 de novembro de 1957, convocado por Genovês para discutir o futuro da Cosa Nostra à luz de sua aquisição. [40] Quando a reunião foi invadida pela polícia, em detrimento da reputação de Genovese, a nomeação de Gambino foi adiada para uma reunião posterior na cidade de Nova York. [41] Sob Gambino, Anthony Anastasio viu seu poder reduzido e, em frustração, ele começou a passar informações para o FBI pouco antes de sua morte em 1963. [42] [43]

Genovese teve um breve reinado como chefe da família. Em 1957, após o desastroso Encontro Apalaches de Genovese, Lansky, Luciano, Costello e Gambino conspiraram para prender Genovese com uma condenação por narcóticos, subornando um traficante para testemunhar que ele havia trabalhado pessoalmente com Genovese. [44] Em 7 de julho de 1958, Genovese foi indiciado por tráfico de drogas. [45] Em 17 de abril de 1959, Genovese foi condenado a 15 anos de prisão estadual. [46]

O funeral de Anastasia foi realizado em uma casa funerária do Brooklyn que a Diocese Católica Romana do Brooklyn recusou-se a aprovar o enterro em uma igreja. Anastasia foi enterrada no Cemitério Green-Wood em Greenwood Heights, Brooklyn, com a presença de um punhado de amigos e parentes. [47]

Cultura popular [editar] Após o assassinato de Anastasia, as cadeiras de barbeiro do Park Sheraton Hotel foram reposicionadas para ficarem longe do espelho. A cadeira Anastasia foi posteriormente leiloada por US $ 7.000. Em fevereiro de 2012, a cadeira tornou-se uma exposição no Mob Museum em Las Vegas. [48] O filme de 1959, Inside the Mafia, abre com a cena do assassinato de Anastasia. O assassinato de Anastasia, bem como o Encontro Apalachin de 1957, foram mencionados no filme de 1999 Analyze This, estrelado por Robert De Niro e Billy Crystal. [49] O personagem fictício Johnny Friendly (interpretado por Lee J. Cobb) no clássico filme americano de 1954 On the Waterfront foi parcialmente baseado em Anastasia. [50] O romance Son de Almendra de Mayra Montero (Título em inglês: Dancing to & quotAlmendra & quot) é baseado no assassinato de Anastasia. [51] Em The Day of The Jackal, um romance de 1973 de Frederick Forsyth, um detetive considera Marco Vitellino, um guarda-costas fictício que estava ausente durante o assassinato de Anastasia, como um dos vários suspeitos que poderiam ser um assassino contratado para matar o presidente francês Charles de Gaulle. O guarda-costas está descartado porque não se encaixa na descrição do assassino. A série de TV M * A * S * H ​​fez pelo menos duas referências à morte de Anastasia, de forma anacrônica, visto que a Guerra da Coréia já havia acabado há quatro anos quando Anastasia foi morta. Temporada 4, Episódio 12 "Soldado do Mês," Hawkeye Pierce sarcasticamente se refere a um soldado adormecido como "porteiro de Albert Anastasia." e descobre que é uma cadeira vazia, e diz, & quotAh, guarda-costas de Albert Anastasia. & quot Na série de jogos da Máfia, Don Alberto Clemente foi parcialmente baseado em Anastasia, particularmente em suas violações conhecidas do código da Máfia ao tentar & quotsell & quot fez homens. A morte de Clemente foi baseada em uma combinação do assassinato de Anastasia, bem como a tentativa de assassinato de Adolf Hitler na Toca do Lobo. Na série de TV The West Wing 4ª temporada, episódio 11 & quotHoly Night & quot, Jules Ziegler, o pai distante do Diretor de Comunicações da Casa Branca, Toby Ziegler, visita Toby na Casa Branca. Após uma consulta do Departamento de Justiça, Toby pergunta a seu pai, um ex-membro da Murder, Inc., quando Albert Anastasia foi morto. Jules responde, & quotOutubro de 1957 & quot, e mais tarde diz ao filho: & quotVocê deve saber quando Anastasia foi assassinada. & Quot Os Sopranos, o chefão da máfia Junior Soprano diz a seu sobrinho Tony Soprano que deseja que os problemas sejam resolvidos amigavelmente como o foram nos anos 1950, quando era pacífico. Tony responde que se lembra de ter visto a foto de Anastasia "de maneira amigável" em uma poça de sangue no chão da barbearia. Filme italiano de 1973 com Alberto Sordi: Meu Irmão Anastasia. Anastasia foi retratada por Gianni Russo no filme Lepke, de 1975, estrelado por Tony Curtis. Um golpe fictício de vingança pelo assassinato de Anastasia é descrito em & quotBefore the Play & quot, o prólogo de The Shining. Na era do pós-guerra, o fictício Overlook Hotel era um ponto de encontro popular e um terreno neutro para figuras do crime organizado. O alvo era um poderoso mafioso que era guardado por dois pistoleiros que ele havia emprestado da cidade de Nova York. Três pistoleiros com espingardas mataram os guarda-costas. Eles então atiraram no alvo em seu quarto e castraram seu cadáver como prova de que o haviam matado. [52] O assassinato de Anastasia é mencionado no livro de Harold Robbins, The Raiders (1995). Embora no livro o golpe seja executado por um assassino ofuscado conhecido apenas pelo pseudônimo de Malditesta (em italiano para uma dor de cabeça muito dolorosa). O rapper do MMG Rick Ross intitulou sua mixtape de 2010, & quotThe Albert Anastasia EP & quot


DIA EM QUE NÃO FOI CLIPADO

Hoje, há cinquenta anos, Albert Anastasia, o assassino mais implacável da história da Máfia, foi despachado para aquele grande Sitdown in the Sky por dois homens de botões enquanto estava sentado em uma cadeira de barbeiro # 8217 em um hotel em Midtown.

Anastasia, 53, era o & # 8220Lord High Executioner & # 8221 da Murder Inc., o braço de fiscalização da máfia. Ele empregou uma tripulação heterogênea de assassinos contratados para atirar, esfaquear, estrangular, pegar no gelo ou garrote dezenas de pessoas que entraram em conflito com o submundo.

Murder Inc. estava ligada a 63 assassinatos, e Anastasia & # 8211, um executivo da máfia prático & # 8211, acredita-se que tenha cometido pessoalmente 30 deles.

Ele tinha medo da Big Apple.

Ele conheceu seu lado frio na manhã de 25 de outubro de 1957, em uma cadeira na barbearia do saguão do Park Sheraton Hotel, agora Park Central, na Sétima Avenida entre as ruas 55 e 56 oeste.

Dois homens armados entraram na barbearia & # 8211, que agora é um Starbucks & # 8211, e começaram a atirar. Anastasia desabou em uma pilha. Ele estava morto.

Tony Karasis, 80, que trabalhava como garçom no hotel desde julho de 1947, lembra-se de ter ouvido & # 8220 uma grande comoção & # 8221 e & # 8220 pessoas começaram a gritar. & # 8221

& # 8220Estamos todos com medo & # 8221 disse ele.

& # 8220Os policiais me fizeram perguntas e eu disse, & # 8216Eu & # 8217não falo inglês & # 8217 & # 8221 ele acrescentou com uma risada.

Karasis estava então trabalhando no antigo Mermaid Room, localizado atrás do que agora é a recepção do hotel & # 8217s. Muitos mafiosos frequentavam o local.

& # 8220Eu costumava servir a esses caras. Eles eram grandes gorjetas & # 8221, disse ele.

Os clientes também incluíam Jackie Gleason, que mantinha uma suíte no hotel, e o amigo de bebidas de Gleason & # 8217s, Tom Carvel. Ele também serviu estrelas como Frank Sinatra.

Anastasia, também conhecido como & # 8220Mad Hatter & # 8221, nasceu Umberto Anastasio em 26 de setembro de 1902, na vila de pescadores italiana de Tropea.

Quando adolescente, ele trabalhou em vapores vagabundos, abandonando o navio por volta de 1920 para ganhar a vida nas docas do Brooklyn.

Começando como estivador, ele combinou ambição, ganância e uma capacidade impressionante de violência para assumir o controle do sindicato dos estivadores e # 8217, obtendo grandes recompensas dos empresários que buscavam a paz trabalhista.

Testemunhas de seus crimes desapareceram, morreram ou com a memória gravemente prejudicada.

Em novembro de 1941, quando ele estava prestes a testemunhar contra o assassino da Anastasia, Murder Inc., Abe & # 8220Kid Twist & # 8221 Reles & # 8211, cujos lábios soltos já haviam enviado muitos homens para um encontro com a morte em Sing Sing & # 8211 misteriosamente despencou para his demise from Coney Island’s Half Moon Hotel.

And in March 1951, Arnold Schuster, a 24-year-old Brooklyn clothing salesman who helped cops capture bank robber Willie Sutton, was shot dead.

“I hate squealers! Hit that guy!” Anastasia reportedly told an underling.

On the morning of his death, Anastasia left his home in Fort Lee, N.J., then strode into Arthur Grasso’s barber shop for a shave and haircut.

With his bodyguard-chauffeur, Anthony Coppola, 49, conspicuous by his absence, Anastasia was chatting with Grasso in chair No. 4 as barber Joseph Bocchino cut his hair.

That was when the two hoods began firing.

One bullet lodged in the left side of his brain, while another penetrated his kidney, lung and spleen.

The man who had avoided the electric chair died in the barber’s chair.

At his funeral, he was mourned most noticeably by his heartbroken widow, Elsa, who sobbed convulsively before nearly collapsing. He was buried in a $900 casket at Brooklyn’s Green-Wood Cemetery.

There are myriad theories about why he was hit.

They range from him becoming a possible FBI informant, to having lobbied for a larger share of the mob’s gambling empire in Cuba, to becoming a target in a power grab by mob rivals Vito Genovese, Carlo Gambino or both.


This Week in Crime History


Umberto Anastasio was born on February 26, 1902 in Tropea, Calabria, Italy. He later changed his name to Albert Anastasia. He was often referred to as "Mad Hatter" and "Lord High Executioner." Around the age of 15, Anastasia illegally entered the United States. He became a naturalized citizen in 1943 while serving in the United States Army. In 1920, Anastasia was working as a longshoreman in New York and got into an argument over ship assignments with a fellow longshoreman named Joe Torino. Anastasia stabbed and strangled Torino to death. Anastasia was convicted and sentenced to death but after spending only 18 months at Sing Sing prison, his conviction was overturned. The four most important witnesses against him for his re-trial all ended up missing, while other witnesses changed their testimony. Albert Anastasia allegedly controlled racket businesses and ran strong arm activities on the New York City waterfront and was a strike buster. He rose to a position of power in the International Longshoremen's Association.

In 1928, conflicts between mob leaders led to the Castellammarese War. In 1930, Lucky Luciano went to Anastasia with a plan that would put Luciano on top of the east coast crime world. Luciano would kill mob bosses Giuseppe "Joe the Boss" Masseria and Salvatore Maranzano. On April 15, 1931, Luciano invited Masseria to a sit-down at Nuova Villa Tammaro, a Coney Island restaurant. After Luciano excused himself to the bathroom, Anastasia, Meyer Lansky, and Bugsy Siegel entered the restaurant and killed Masseria. A few months later, men disguised as Treasury Department agents entered Salvatore Maranzano's office, disarmed his body guards and killed Maranzano.

At the end of the Castellammarese War, a more peaceful existence between the crime bosses was sought. Luciano co-founded a crime cooperative that became known as the National Crime Syndicate, or the "Commission," made up of major crime bosses from across the country and the Five Families of New York. The Syndicate divided and regulated the illicit markets. Each gang in the syndicate had its own franchise, such as gambling, drugs, or prostitution. One section of the Syndicate enforced the Syndicate's business and performed murders for hire and was known as "Murder, Inc." For decades the FBI denied the existence of such an organization as the "Syndicate." Anastasia was a leading figure in the Brooklyn, New York based "Murder, Incorporated". Luciano gave this authority to Anastasia as a reward for his assistance during the Castellammarese War. Murder, Incorporated also featured the talents of labor racketeer Louis "Lepke" Buchalter. Murder, Incorporated operated out of a candy store called Midnight Rose's, in the Brownsville section of Brooklyn. At the time, Anastasia carried a business card saying he was a "sales representative" for the Convertible Mattress Corporation in Brooklyn. Crime researchers believe Murder Inc. was responsible for between 400 and 800 murders.

Murder Inc. dissolved in the 1940's, after hit man Abe Reles was arrested. Reles cooperated with the legal authorities to receive immunity instead of the electric hair. The information he gave facilitated the conviction of several Murder Incorporated's hit men, including Louis "Lepke" Buchalter, who died in Sing Sing's electric chair. It is believed that Anastasia put out a $100,000 contract on Reles. On November 12, 1941, while in the protection of six police officers, Reles mysteriously fell to his death from a window of the Half Moon Hotel in Coney Island.

After Luciano went to prison on a pandering conviction, it is believed that Anastasia carried out a plan to get him released from prison, seeking to win him a pardon for assistance in the war effort. Anastasia sought to create havoc on the New York waterfront to disrupt the U.S. Navy's activities. Anastasia convinced the Navy that Luciano could see that things would be in order on the Waterfront. Anastasia lobbied that Luciano's contacts in Sicily could help with advance work for an anticipated U.S. invasion of Italy. A deal was worked-out that in exchange for his cooperation, Luciano would receive favored treatment while in prison and would receive parole after the war. After the war, Luciano was deported to Italy.

Vincent Mangano, the boss of the Mangano crime family, later known as the Gambino family, had a long running feud with Anastasia. In 1951, after Vincent Mangano went missing, and his brother Phil Mangano was murdered, Anastasia claimed control of the Mangano Family. At a meeting of the "Commission," Frank Costello backed Anastasia's claim that Mangano was out to kill him, and that Anastasia was acting in self-defense. The Commission bosses accepted Anastasia's claim to the role of boss.

Albert Anastasia detractors were concerned about whether he was killing too many people. In 1952, a 24-year-old Brooklyn clothes store salesman, Arnold Schuster, saw fugitive bank robber Willie Sutton on a subway car. He contacted the police and Sutton was apprehended. Schuster was interviewed on TV. After seeing this, Anastasia is believed to have ordered Schuster's death. One month later Schuster was found shot to death. Over the next ten years the crime was one of the most investigated murders in the history of the New York Police Department. However, the case was never solved. The murder of an outsider on non-mob business increased opposition to Anastasia from mob leaders such as Vito Genovese. Genovese sought to move support away from Anastasia. Genovese would eventually successfully move Anastasia's underboss, Carlo Gambino, to his side.

Albert Anastasia faced a deportation hearing in 1953 due to his criminal activity. In the mid 1950's Anastasia was facing an income tax evasion prosecution. The first trial ended in a hung jury. There was to be a second trial in 1955. Anastasia associate, Vincent Macri, was found shot to death, his body in the trunk of a car in the Bronx. A few days later, Macri's brother went missing and was never again seen. The key witness in the case was a Fort Lee, New Jersey, plumber named Charles Ferri. A month before the trail, Ferri and his wife went missing, leaving behind a blood splattered retirement house in Miami, Florida. At trial, Anastasia took a pleas bargain and was sentenced to one year in prison.

Meyer Lansky supported Anastasia because he did not want to see Genovese gain more power. When Anastasia put heat on Lansky for a larger contribution from Lansky's gambling operations, Lansky gave his support to Genovese. On October 25, 1957, Albert Anastasia was killed by masked gunmen while sitting in a barber's chair at the Hotel Park Sheraton located at 7th Avenue and 55th Street in New York City. It is ironic that 35 years earlier he escaped the electric chair, and his life would end when he was fatally wounded in a barber's chair. The murder of Albert Anastasia was the inspiration for the scene in the 1972 Francis Ford Coppola movie "The Godfather," adapted from the Mario Puzo novel, where Moe Green, a Las Vegas casino proprietor, is gunned down on a massage table by two masked hit men.


Albert Anastasia – The Original Murder Inc. Part II

Spring 1942 Anastasia, who was under constant scrutiny from the FBI and local law enforcement secretly ordered the murder of associate Anthony Romeo. Like Reles, Romeo had been arrested and was talking to authorities to implicate Anastasia in several murders. By the end of June, Romeo’s body was found beaten and shot multiple times near Guyencourt Delaware.

With the start of World War II, Anastasia reportedly became the mastermind behind a plan to win Luciano freedom from prison in exchange for supplying the United States government with inside information from his contacts in Sicily. He also suggested he could protect the eastern waterfront from German attack. As a part of the effort, Anastasia joined the United States Army although many speculate he did this to escape criminal investigations, he maintained he was doing his part to secure the borders by training longshoremen on the coast in Pennsylvania. As a reward for his efforts Anastasia was granted citizenship in the United States. He was no longer illegal, and after his honorable discharge from the Army in 1944 moved his family to a mansion in Fort Lee, New Jersey.

Despite working closely with Luciano and Costello, Anastasia was the underboss of the Mangano family. Boss of the family Vincent Mangano resented the relationship Anastasia had with the two men and was particularly upset Luciano and Costello didn’t ask for his permission before requesting Anastasia’s services. This and several other small disputes led to Mangano and Anastasia almost coming to blows several times. In early 1951 Vincent Mangano went missing. Ele nunca mais foi ouvido. On April 19, 1951 the body of Phillip Mangano, Vincent’s brother was found shot three times floating in a wetland outside of Bergen Beach, Brooklyn. It is widely assumed Anastasia had enough and disposed of the Mangano brothers but no charges were ever filed.

As underboss, and with Mangano out of the picture, Anastasia became the new boss of the Mangano family renaming it the Anastasia family (the future Gambino family). He was a ruthless boss having once killed an informer who had nothing to do with his family just because he “didn’t like stool pigeons”. In a similar situation in March 1952 Anastasia was watching television where a young man from New York Arnold Schuster identified a fugitive bank robber Willie Sutton, resulting in Sutton’s arrest. When Anastasia saw this, he allegedly said: “I can’t stand squealers! Hit that guy!” Days later, gunmen shot Schuster to death on a street in Borough Park, Brooklyn. No one was ever arrested for the slaying.

Around the same time Vito Genovese, a powerful mobster in his own right was vying for the top spot of the Costello family after Luciano was deported. His power was limited as Costello and Anastasia had control of the commission, but after hearing of the slaying of Schuster, Genovese felt he had an opening. To kill Costello, he would need to eliminate Anastasia so he began to paint a picture of Anastasia being unstable, and unpredictable. He spoke about Anastasia bringing about unnecessary attraction to the mafia during a time where the FBI was looking for anything to bring about indictments. He soon had the ear of Anastasia capo Carlo Gambino, and Luciano friend Meyer Lansky who was growing more upset with Anastasia for muscling in on his Cuba casino operations.

Soon after gaining support from other top mobsters, Genovese went to the commission and accused Anastasia of selling memberships to his family. This was a huge accusation that the commission took seriously. In an effort to drive a wedge between Costello and Anastasia, Genovese also claimed Anastasia was plotting against Costello. With their relationship in question, Genovese felt comfortable moving against Costello. On May 2, 1957 gunmen, later identified as Vincent ‘The Chin” Gigante shot and wounded Costello outside his apartment building. The near death experience convinced Costello life was more important. He stepped in front of the commission and retired giving Genovese control of the family.

Genovese wasn’t finished with his rise to the top of the commission. To make Anastasia appear more unstable, Genovese spread the word that Anastasia hired The Chin to shoot and miss Costello. Of course it was Genovese who hired Gigante, Costello believed the ruse and gave his approval for Genovese to move against Anastasia.

In the end, Anastasia’s own routine gave Genovese gunmen the opportunity to end his reign. On the morning of October 25, 1957 Anastasia entered the Park Sheraton Hotel barber. Joe Bocchino, who had been shaving and cutting Anastasia’s hair for years, draped a candy striped barber’s cloth over Anastasia and began cutting his hair. A manicurists sat next to the chair and worked on the bosses fingernails. A shoeshine boy began polishing Anastasia’s brown shoes. It was the same time and same service Anastasia had every other day for years.

Shortly after 10:15 a.m. with Anastasia dozing in the chair, his eyesclosed, two men quietly walked into the barber shop. They drew their .38 caliber pistols and waved the men and boy away from Anastasia’s chair. As they scattered Anastasia opened his eyes and lifted his hand in a defense as both men open fired. According to reports Anastasia let out a roar and leaped from the chair reaching for the two gunmen. He spun around after being hit in the hand, wrist, and hip. A bullet then ripped into his back causing him to fall to the floor at the base of the barbers chair. One of the gunmen is said to have calmly walked up to Anastasia, and fired the fatal round to the back of his head. Both gunmen disappeared as quickly as they appeared and although they were never apprehended, the gangland consensus is it was brothers Larry and Joe Gallo who committed the murder after being contracted by Don Vito Genovese. With Anastasia dead, capo, Carlo Gambino was awarded the Anastasia family from the commission with Genovese sitting firmly in control.


The Death of Albert Anastasia

Everyone remembers the frightening mafia boss Albert Anastasia. His name is synonymous with murder itself. He was the most trigger happy man to ever become a major crime family boss. In his case, he’d killed his way to the top, literally.. He also co-ran a virtual 24/7 killing unit named Murder Incorporated.

Albert “The Lord High Executioner” or if you prefer “The Mad Hatter” Anastasia was by far the most feared gangster of the 1920’s – 1950’s.
His death scene in that barber shop gave us one of the most iconic mafia pictures ever taken. He had run afoul of the commission for the last time. The major reason for his assassination was because they all feared he would kill them too.

It was Carlo Gambino and Vito Genovese that were the two main conspirators. It was with the support of those two men that the other members found the courage to get behind such a dangerous task. Even Meyer Lansky was involved. To get the job done, they gave the contract to two young Colombo soldiers, “Crazy Joe” Gallo and Carmine Persico.

Mangano and Schuster Infractions

Long after Anastasia escaped the wreckage of Murder Incs’ downfall, he was still ascending in his position in the New York mafia. He was the underboss of the Mangano Crime Family and remained one of the most powerful and feared members of the commission throughout the 1940’s. It was in 1951 that Albert decided he didn’t want to be second in charge anymore.

Vincent Mangano

That year, his boss Vincent Mangano went missing never to be found again. His brother and family consigliere Phillip Mangano’s dead body was found shortly after Vincent went missing, he had three bullets in his head.

Albert was now the boss of his very own Anastasia Crime Family. He had a powerful young team with guys like Carlo Gambino and new underboss Frank Scalise that could win a war with any other family if need be. Anastasia claimed self defense to his fellow commission members regarding Mangano. He had strong backing from Lucky Luciano, Frank Costello and Joe Bonanno.

Despite the disrespect shown toward mafia code, no one was going to dare go after Albert at this time. The murder made all of the bosses wonder just who would be next. In early 1952, Anastasia would order a murder that brought tons of bad publicity for the mafia.

Arnold Schuster was not a mobster, he was a 24 year old clothing salesman from Brooklyn who turned in famous bank robber Willie Sutton. Albert reportedly flew into a rage when he watched Schuster on television being hailed as a hero. Famous mob witness Joe Valachi would implicate Anastasia in the killing years later.

Schuster was shot in both eyes and killed in the street. The other bosses were furious and the public was outraged. Nothing would happen for a few more years, but this was indeed the last straw. Luciano was deported to Italy and slowly losing influence, leaving Albert potentially vulnerable.

Factions Within the Commission

After these two incidents, some other mob bosses finally started expressing an interest in the removal of Albert Anastasia. His most vocal critic and biggest threat was Vito Genovese. Vito was working his way up the ranks of the Luciano Crime Family and planned to one day take the top spot from Albert’s friend Frank Costello. In the early 1950’s, Vito simply didn’t have the clout yet to get backing on the move but he was biding his time.

Another problem for Albert was the other mob bosses who wouldn’t go public but were quietly ready to see his demise. Carlo Gambino was one of these men. Gambino did not approve of the brazen public violence and notoriety. He felt that for the mafia to prosper, they must operate in the shadows. Carlo was incredibly intelligent and coyly ambitious, he also knew that an outright war with Anastasia was not the way to go.

Gambino was underboss at this time and right on the brink of his meteoric rise. Gambino and Genovese soon quietly joined forces and began to plot the demise of Anastasia and Costello. The addition of Meyer Lansky emboldened them. Anastasia had been trying to move in on Lansky’s Cuban rackets and it was a bad move. This now shifted the balance far in Genovese’s favor.

Albert would go to prison for tax evasion in 1955, which put a temporary hold on the plans to kill him. While in prison, the American government tried to deport him, but were not successful. Vito and company were biding their time and had no intentions of abandoning their plan to kill Anastasia.

1957: A Year of Bloodshed

By early 1957, Albert was back on the streets and the two factions were about to finally collide. Vito Genovese decided to move on Costello first, who was shot by a young Vincent “The Chin” Gigante in May. Costello survived the head shot and wisely stepped aside. Vito was now the boss of the family, which would now forever be known as the Genovese Crime Family.

Joe Bonanno, although firmly on the Genovese side, lobbied unsuccessfully for peace. Vito had waited over 20 years to take back the reigns of power. He knew there was no way he could let Anastasia live because the Lord High Executioner would most certainly be coming for revenge soon. In June, Anastasia would make another tactical blunder by having his underboss Frank Scalise killed.

Supposedly Scalise had sold memberships into the family which was a legitimate reason for the hit. Still, the timing was horrible as this removed another layer of protection for Anastasia. He would take it a step further by killing Scalise’s brother as well. It’s possible Anastasia was so wrapped up in this situation that he may not have realized how close Genovese was to making his move.

Anastasia’s choice to replace Scalise as underboss was none other than Carlo Gambino. It’s a real testament to how clever Gambino was that he was able to get the job promotion while secretly conspiring to have his boss killed. Even early on, he was showing some of that brilliance that would eventually make him one of the most successful mobsters of all time.

Surprisingly, during this time Albert was actually moving in on his old friend Meyer Lansky’s gambling empire in Cuba. Meyer, who was the most powerful Jewish mob boss in history and a member of Luciano’s Syndicate got on board with the Genovese/Gambino plot. With the layers of protection peeled back, the former Murder Inc. bosses’ days were numbered.

Who Were the Shooters?

On the morning of October 25,1957, Anastasia was enjoying a shave in a barber shop inside the Park Sheraton Hotel in Manhattan. Suddenly two masked man charged in and began firing away. Ever the tough guy, Albert’s last move was lunging at the shooters before crumpling to the floor dead in a hail of bullets. Genovese got his man and Gambino would now be the boss of what would become the Gambino Crime Family.

This classic was written by prosecutor Burton Turkus Murder Inc. The Inside Story Of The Syndicate Killing Machine Available on Amazon

Obviously, Gambino and Genovese were not the actual shooters. The job was contracted out to a couple deadly young Profaci soldiers, “Crazy Joe” Gallo and Carmine “The Snake” Persico. Their boss Joe Profaci had joined the Genovese/Gambino/Lansky alliance and offered up his two killers to take out Anastasia. They jumped at the chance and both men would see this as their golden opportunity to rise in their own positions in the Profaci Crime Family.

Crazy Joe was uncontrollable and went on to form his own renegade faction, going to war with Profaci. He went to prison for extortion for 10 years and in that time Joe Colombo had taken over the family. Gallo and Persico now found themselves in rival factions. Gallo had Colombo shot in 1971. In April 1972, Gallo himself was shot and killed at Umberto’s Clam House in Little Italy. In a twist of irony, Albert Anastasia’s real first name was Umberto.

Things worked out better for Carmine Persico than Gallo. He had continued rising through what as now the Colombo Crime Family through the 1960’s as a capo. He took over the family entirely after the Colombo shooting. These and other incidents is why Carmine got his well deserved nickname, “The Snake”. It was Persico’s men who killed Joe Gallo in 1972. Persico is still the boss of the Colombo family at 85 years old, even though he’s been in prison for 31 years.


Assista o vídeo: Albert Anastasia: The Mafias Lord High Executioner


Comentários:

  1. Rico

    Bela postagem! Foi interessante para mim ler. Agora vou olhar seu blog com mais frequência.

  2. Voodooktilar

    A quem posso perguntar?

  3. Tasho

    Bravo, seu pensamento é muito bom

  4. Aonghas

    Você não está certo. tenho certeza. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  5. Coletun

    Vamos ver o que você tem aqui

  6. Ronny

    É a resposta engraçada



Escreve uma mensagem