Batalha de Poplar Grove, 7 de março de 1900

Batalha de Poplar Grove, 7 de março de 1900


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Batalha de Poplar Grove, 7 de março de 1900

A batalha de Poplar Grove (Guerra dos Boer) viu o fracasso de uma tentativa dos Boer de defender Bloemfontein e de uma tentativa britânica de capturar o principal exército Boer no Estado Livre de Orange.

Os bôeres em Poplar Grove estavam em péssima desvantagem numérica. Após a rendição em Paardeberg, apenas cerca de 6.000 homens foram deixados para defender a capital do Estado Livre de Orange. Eles tinham um novo comandante, Christiaan De Wet, que começou a trabalhar em uma nova linha defensiva nas colinas ao redor de Poplar Grove. Seu principal problema era que o moral dos comandos bôeres estava em baixa após a rendição de Cronjé.

O comandante britânico, Lord Roberts, decidiu enviar duas divisões de infantaria diretamente para a posição bôer, enquanto a cavalaria fez um amplo movimento de flanco para o sul, vindo por trás dos bôeres para evitar sua fuga. Seu principal problema era o mau estado de seus cavalos de cavalaria. Muitos deles haviam sido perdidos durante o alívio bem-sucedido de Kimberley, enquanto os cavalos restantes estavam com rações escassas desde a perda da coluna principal de abastecimento no início das operações em fevereiro. Pior ainda, o comandante da cavalaria, Sir John French, pode ser mais bem descrito como estando de mau humor. Seu humor não melhorou com uma reprimenda que recebeu depois que o oficial de suprimentos se esqueceu de incluir os cavalos doentes e feridos em seus cálculos das rações necessárias e acusou a cavalaria de comer muito.

Como resultado, o francês avançou muito lentamente na manhã de 7 de março. Ele começou tarde e parou duas vezes para fazer longas pausas para descansar seus cavalos. Como resultado, a cavalaria não estava nem perto de onde precisava estar quando o avanço da infantaria começou.

Esse avanço nunca precisou se transformar em um ataque. A infantaria britânica apareceu do acampamento bôer por volta das 8 da manhã. Demoralizada pelos eventos recentes, os burgueses simplesmente deram meia-volta e fugiram. De Wet culpou a rendição de Cronjé pelo fiasco, apenas duas semanas antes, embora provavelmente tenha ajudado a salvar seu exército. Se os bôeres tivessem resistido e lutado em Poplar Grove, os franceses teriam sido capazes de se posicionar para interromper sua retirada, e todo o exército poderia ter sido perdido. Do jeito que estava, três quartos dos homens de De Wet abandonaram a luta, pelo menos por enquanto. Quando ele fez sua próxima resistência em Driefontein, foi com apenas 1.500 homens.


Bartolomeu Dias, um navegador português, descobriu o Cabo da Boa Esperança em 1488 O assentamento holandês na área começou em março de 1647 Uma expedição holandesa de 90 colonos calvinistas, sob o comando de Jan van Riebeeck, fundou o primeiro assentamento permanente perto do Cabo de Boa Esperança em 1652 Colônia do Cabo estabelecida em 1652. Em 31 de dezembro de 1687, uma comunidade de Huguenotes chegou ao Cabo vindos da Holanda. Veja também os Huguenotes na África do Sul.

    pelos britânicos em 14 de junho de 1795 pelos britânicos 14-16 de junho de 1795 pelos britânicos 1975 renunciou ao controle do território em 1803 pelos britânicos a partir de 19 de janeiro de 1806 até ser incorporado à União independente da África do Sul em 1910

Eventos históricos em 1900

    O líder irlandês John Edward Redmond pede uma revolta contra o governo britânico. Ataque dos bôeres em Ladysmith, cerca de 1.000 mortos ou feridos

Evento de Interesse

6 de janeiro & quotAlbaradode Gracioso & quot de Maurice Ravel estreia em Paris

Evento de Interesse

10 de janeiro Lord Roberts e Lord Kitchener chegam à Cidade do Cabo

Música Pré estreia

    O Senado dos Estados Unidos aceita o tratado anglo-alemão de 1899 no qual o Reino Unido renuncia às suas reivindicações às ilhas de Samoa. Os EUA ganham controle sobre Tutuila em Samoa e várias ilhas menores do Pacífico Jan Blockx & quotTÿl Uilenspiegel & quot estreia em Bruxelas O segundo contingente de tropas canadenses navega de Halifax para lutar na África do Sul contra os bôeres

Evento de Interesse

26 de janeiro Henrik Ibsen's & quotNaar vi Dode Vaaguer & quot estreia em Stuttgart

    O Partido Social Democrata da América (partido de Debs) realiza a 1ª convenção Diplomatas estrangeiros em Pequim, China, escrevem notas formais de protesto exigindo que o governo chinês pare as Caixas e outros grupos que lideram ataques contra ocidentais e cristãos. Boers sob o comando de Joubert derrotaram os britânicos no Spionkop Natal, 2.000 mortos. Liga americana organizada em Buffalo, Chicago, Cleveland, Detroit, Indianápolis, Kansas City, Milwaukee e Minneapolis. governar nos assuntos locais, mas com as premissas dos EUA de responsabilidade final pelo governo. Gustave Charpentiers opera & quotLouise & quot estreia em Paris Forças rivais lutam pelo controle do estádio Union Park em Baltimore. O candidato ao governador William Goebel é assassinado em Frankfort, Kentucky. Tropas britânicas sob o general Buller ocupam Vaal Krantz, Natal. Canal do Panamá A Batalha de Vaal Krantz, África do Sul (Boers vs Exército britânico) Tropas britânicas desocupam Vaal Krantz, Natal Dwight Davis estabelece um novo troféu de tênis, a Copa Davis Peter Ostlund patina recorde mundial 500m (45,2 seg) Data dos eventos no filme australiano & quotPicnic at Hanging Rock & quot A Rússia responde à pressão internacional para libertar a Finlândia, reforçando o controle imperial sobre o país

Evento de Interesse

15 de fevereiro Guerra dos Bôeres: Cerco a Kimberley quebrado pelas tropas britânicas sob o comando do Tenente-General John French após um cerco de 124 dias. Defesa de Kimberley liderada por Cecil Rhodes.

    Publica o primeiro jornal diário chinês nos Estados Unidos (Chung Sai Yat Po, San Francisco) Stanley Cup, Montreal Arena, Westmount, Quebec: Montreal Shamrocks derrotou Winnipeg Victorias, 5-4 para a série de desafios, 3-1 Batalha em Paardeberg, 1.270 britânicos mortos / Tropas britânicas feridas ocupam Monte Christo, Natal Tropas britânicas ocupam Hlangwane, Natal Batalha em Wynne's Hill, África do Sul (Boers vs exército britânico) Batalha em Hart's Hill, África do Sul (Boers vs exército britânico) Steamer & quotRio de Janeiro & quot afunda na Baía de São Francisco Batalha em Pietershoogte durante a Guerra Boer Boer General Cronjé rende-se aos britânicos em Pardenberg, África do Sul. Em Londres, o Trades Union Congress e o Independent Labour Party (formado em 1893) se encontram, resultando em um Comitê Representativo do Trabalho e, eventualmente, o moderno Partido Trabalhista em 1906 Tropas do general Buller substituem Ladysmith em Natal US Steel Corporation organiza American Hall of Fame fundado Após uma reunião em Indianápolis, EUA, um grupo forma o Social Democrata Partido ic e nomeia Eugene Debs como seu candidato a presidente na próxima eleição (torna-se o Partido Socialista em 1901) Batalha em Poplar Grove na África do Sul, o presidente Kruger foge de NL decide ir com 8 times Eles excluem Baltimore, Cleveland, Louisville e Washington ( em 1953 Boston Braves muda-se para Milwaukee) Stanley Cup, Montreal Arena, Westmount, Quebec: Montreal Shamrocks supera Halifax Crescents, 11-0 para a série de desafios de varredura, 2-0 Batalha em Driefontein, África do Sul (Boers vs exército britânico) Regents for the O rei de Uganda e os principais chefes assinam um tratado com a Grã-Bretanha concordando com a organização do governo, tributação, tribunais, forças armadas e outras funções de seu país, que está sob proteção britânica.

Evento de Interesse

11 de março O primeiro-ministro britânico, Lord Salisbury, rejeita as propostas de paz do líder bôer Paul Kruger (em 5 de março) por exigir termos muito favoráveis

    O presidente Steyn, do Estado Livre de Orange, foge de Bloemfontein. Tropas britânicas ocupam Bloemfontein, capital do Estado Livre de Orange (Guerra dos Bôeres). Na França, a duração da jornada de trabalho para mulheres e crianças é limitada por lei a 11 horas. O botânico holandês Hugo de Vries redescobre as leis de genética de Mendel. A moeda norte-americana passa ao padrão ouro depois que o Congresso aprova o Currency Act AL se reúne em Chicago, Ban Johnson anuncia que a liga AL será Chicago White Stockings, Washington Senators, Milwaukee Brewers, Detroit Tigers, Cleveland Blues, Americanos de Boston, Atletismo da Filadélfia e Orioles de Baltimore Sir Arthur Evans redescobre a cidade de Knossos, na era do bronze, em Creta, lar do lendário Minotauro

Evento de Interesse

16 de março Isadora Duncan faz sua primeira apresentação de dança na Europa, em Londres

    Na África do Sul, as tropas britânicas substituem Mafeking, sitiado pelos bôeres desde 13 de outubro de 1899. O clube de futebol Ajax é formado em Amsterdã, na Holanda (33 títulos da Eredivisie, 18 Copas KNVB, 4 Liga dos Campeões) em homenagem ao lendário herói grego Japão usa sua influência sobre a Coreia para negar os esforços da Rússia para obter uma estação naval no porto coreano de Masampo, a preparação para a guerra russo-japonesa O secretário de Estado dos EUA, John Hay, anuncia que todas as nações para as quais ele enviou notas pedindo uma política de 'portas abertas' em A China essencialmente aceitou sua posição O prefeito de Nova York, Robert Anderson Van Wyck, abre caminho para uma nova & quotRapid Transit Railroad & quot subterrânea que ligaria Manhattan ao Brooklyn. O Partido Socialista dos EUA forma-se em Indianápolis 1ª edição The (Free) People (Netherlands, provavelmente Amsterdam) Reconhecendo que a guerra na África do Sul vai ter um grande compromisso, o Parlamento aprova a Lei de Empréstimos de Guerra, pedindo £ 35 milhões para apoiar a luta contra os bôeres. A 2ª Câmara holandesa aceita a lei de educação obrigatória

Evento de Interesse

30 de março 62º Grande Nacional: Algy Anthony vence a bordo do Ambush II, o proprietário é o Príncipe de Gales (Rei Edward VII)


Batalha de Poplar Grove, 7 de março de 1900 - História


Cemitério Nacional de Poplar Grove

O Cemitério Nacional Poplar Grove de oito acres é o local de descanso final para 6.181 soldados da União, soldados nativos americanos da Guerra Civil e um soldado britânico da Primeira Guerra Mundial. A maioria dos soldados enterrados no cemitério morreu em um dos últimos combates da Guerra Civil, quando as tropas da União se moveram para isolar a cidade de Petersburg na Virgínia da capital confederada de Richmond. O governo federal estabeleceu o cemitério nacional em 1866. Os últimos enterros foram de três soldados desconhecidos da União no Memorial Day em 2003. Hoje, o cemitério é um dos quatro componentes do Campo de Batalha Nacional de Petersburgo, uma unidade do Serviço Nacional de Parques que preserva o campo de batalha e seus marcos. Os centros de visitantes do campo de batalha e rsquos apresentam exibições, filmes e passeios para ilustrar como as ações da União contra Petersburgo levaram à rendição do general Robert E. Lee e ao fim da Guerra Civil. O Cemitério Nacional de Poplar Grove é um dos 14 cemitérios nacionais administrados pelo Serviço de Parques Nacionais.

Após tentativas infrutíferas de assaltar e capturar diretamente a capital confederada de Richmond, o General Ulysses S. Grant elaborou uma nova estratégia para sufocar lentamente a cidade. O novo alvo se tornou a cidade de Petersburg, 40 quilômetros ao sul de Richmond, e um importante centro de suprimentos para a capital. Depois de uma série de ataques infrutíferos a Petersburgo em meados de junho de 1864, Grant adotou uma estratégia para cercar Petersburgo e cortar metodicamente as linhas de suprimento ferroviário e rodoviário que alimentam Richmond. Por dez meses, os soldados da União se estabeleceram em trincheiras ao redor da cidade e lutaram contra as forças confederadas que controlavam Petersburgo. Fogo de franco-atirador, combates de artilharia leve e bombardeio de morteiro encheram os dias enquanto os homens de Grant & rsquos gradualmente desgastavam a defesa confederada, que era escassamente esticada.

Em meados de março de 1865, o general confederado Robert E. Lee ordenou um ataque surpresa contra a União em Fort Stedman, no lado oeste de Petersburgo. Considerado o último grande movimento ofensivo da guerra, o ataque falhou. Em 1 de abril de 1865, as forças da União derrotaram uma defesa confederada em Five Forks e ganharam o controle da última linha ferroviária de Petersburgo a Richmond. Este golpe final forçou Lee a recuar, abandonando Petersburgo e Richmond. Uma semana depois, Lee se rendeu em Appomattox, Virgínia.

Na esteira da Guerra Civil, o governo dos EUA estabeleceu vários cemitérios nacionais na Virgínia, no local de intensas batalhas e outros compromissos. Em 1866, o Gabinete do Exército e do Intendente Geral selecionou um local para um cemitério para guardar os restos mortais dos soldados da União que morreram durante o cerco de Petersburgo. O local selecionado foi um antigo acampamento da União ao sul de Petersburgo. Os 50th New York Engineers construíram o acampamento em outubro de 1864, que consistia em um campo de parada central cercado por quartéis, quartéis de oficiais e rsquo e a Igreja Poplar Grove.

Após a guerra, a maioria dos antigos edifícios do campo foi removida e os restos mortais foram trazidos de locais ao redor da área de Petersburgo. Em 1867, cerca de 5.200 sepultamentos estavam no Cemitério Nacional de Poplar Grove.

Planta do local de 1893 do Cemitério Nacional de Poplar Grove
Cortesia da National Archives and Records Administration
(Clique na imagem para ampliá-la)

A partir de 1871, o governo federal implementou uma série de melhorias para o cemitério, incluindo o cemitério e o muro de tijolos rsquos e portões de ferro, lápides de mármore para os túmulos e a construção de um alojamento do superintendente e rsquos perto da entrada do cemitério. O chalé é um prédio de tijolos de um andar e meio no estilo do Segundo Império, notável por seu telhado de mansarda e janelas de mansarda. O design do lodge & rsquos é de um plano padrão criado pelo Quartermaster General Montgomery C. Meigs, e é um dos 17 hotéis Meigs em estilo do Segundo Império restantes encontrados nos cemitérios nacionais da era da Guerra Civil.

Melhorias adicionais no Cemitério Nacional de Poplar Grove incluíram a construção de uma tribuna de ferro (1897) e banheiros e instalações de manutenção (1929). Em 1915, um tornado varreu o cemitério, destruindo 139 árvores. Muitas dessas árvores foram substituídas durante a década de 1930. Em 1933, a aparência do cemitério foi radicalmente alterada quando as lápides verticais foram colocadas no chão para facilitar a manutenção da paisagem.

Em 1957, o governo fechou oficialmente o Cemitério Nacional de Poplar Grove para enterros. Desde aquela época, pouca coisa mudou na paisagem física do cemitério. Em 1991, a National Park Foundation comprou cerca de quatro acres a oeste do cemitério para fornecer um pequeno espaço para estacionamento e servir como uma barreira arborizada enquanto o crescimento residencial invade a propriedade do cemitério.

O Cemitério Nacional de Poplar Grove, uma parte do Campo de Batalha Nacional de Petersburgo, uma unidade do Sistema de Parques Nacionais, está localizado na 8005 Vaughan Road em Petersburg, VA. Para obter informações sobre como visitar o cemitério, consulte o site do National Park Service Petersburg National Battlefield ou ligue para o centro de visitantes park & ​​rsquos em 804-732-3531. Durante a visita, esteja ciente de que nossos cemitérios nacionais são solo sagrado e seja respeitoso com todos os soldados caídos de nossa nação e suas famílias. Políticas adicionais do cemitério podem ser publicadas no local.

O cemitério é um dos quatro componentes do campo de batalha nacional, uma unidade do Serviço de Parques Nacionais. O Centro de Visitantes da Frente Oriental em Petersburgo apresenta o cerco de Petersburgo e o impacto da guerra. Outros componentes do parque incluem General Grant & rsquos Headquarters em City Point em Hopewell, e Five Forks Battlefield em Dinwiddie.

O National Park Service & rsquos American Battlefield Protection Program fornece um breve resumo do Cerco de Petersburgo. Informações adicionais sobre a batalha estão disponíveis no Civil War Preservation Trust.

O Cemitério Nacional de Poplar Grove é um dos sete cemitérios nacionais na área de Richmond. Os outros incluem: Fort Harrison e Richmond National Cemeteries em Richmond Seven Pines National Cemetery em Sandston Cold Harbor National Cemetery em Mechanicsville City Point National Cemetery em Hopewell e Glendale National Cemetery em Richmond.


Conflitos militares semelhantes ou semelhantes à Batalha de Kraaipan

Batalha de cerco de 217 dias pela cidade de Mafeking na África do Sul durante a Segunda Guerra dos Bôeres de outubro de 1899 a maio de 1900. Na cidade sitiada, também estava Lady Sarah Wilson, filha do duque de Marlborough e tia de Winston Churchill. Wikipedia

O envolvimento na Guerra dos Bôeres, travada em Muddy River, em 28 de novembro de 1899. A tentativa de socorrer a cidade sitiada de Kimberley forçou os bôeres sob o comando do general Piet Cronjé a recuar para Magersfontein, mas sofreu pesadas baixas. Wikipedia

Lutou em 11 de dezembro de 1899, em Magersfontein perto de Kimberley, África do Sul, nas fronteiras da Colônia do Cabo e da república independente do Estado Livre de Orange. Bloqueado em Magersfontein por uma força bôer entrincheirada nas colinas circundantes. Wikipedia

A seguir lista os eventos que aconteceram durante 1900 na África do Sul. Governador do Cabo da Boa Esperança e Alto Comissário para a África Austral: Alfred Milner. Wikipedia

Grande batalha durante a Segunda Guerra Anglo-Boer. Lutou perto de Paardeberg Drift, nas margens do Rio Modder, no Estado Livre de Orange, perto de Kimberley. Wikipedia

Noivado da Segunda Guerra Boer em 23 de novembro de 1899, onde os britânicos sob o comando de Lord Methuen atacaram uma posição Boer em Belmont kopje. Methuen & # x27s três brigadas estavam a caminho para levantar o cerco bôer de Kimberley. Wikipedia

General Boer da África do Sul durante as Guerras Anglo-Boer de 1880–1881 e 1899–1902. Nascido na Colônia do Cabo, mas criado na República da África do Sul, Cronjé fez sua reputação na Primeira Guerra dos Bôeres, sitiando a guarnição britânica em Potchefstroom. Wikipedia

Quando a Segunda Guerra Boer estourou em 11 de outubro de 1899, os Boers tinham uma superioridade numérica na África Austral. Eles rapidamente invadiram o território britânico e sitiaram Ladysmith, Kimberley e Mafeking. Wikipedia

Boers (Boere) refere-se aos descendentes dos colonos de língua proto-Afrikaans da fronteira oriental do Cabo na África do Sul durante o século 18 e grande parte do século 19. De 1652 a 1795, a Companhia Holandesa das Índias Orientais controlou esta área, mas o Reino Unido a incorporou ao Império Britânico em 1806. Wikipedia

Incidente em 7 de março de 1900 durante a Segunda Guerra dos Bôeres na África do Sul. Ele seguiu em frente com o alívio de Kimberley, enquanto o Exército Britânico se movia para tomar a capital Boer de Bloemfontein. Wikipedia

A história militar da Austrália abrange a história moderna de 230 anos do país, desde as primeiras guerras na fronteira australiana entre aborígenes e europeus até os conflitos em curso no Iraque e Afeganistão no início do século 21. Curta quando comparada com a de muitas outras nações, a Austrália esteve envolvida em vários conflitos e guerras, e a guerra e o serviço militar tiveram influências significativas na sociedade australiana e na identidade nacional, incluindo o espírito Anzac. Wikipedia

Político sul-africano que foi o primeiro primeiro-ministro da União da África do Sul - o precursor do moderno estado sul-africano. Um herói de guerra bôer durante a segunda guerra bôer, ele eventualmente lutaria para que a África do Sul se tornasse um domínio britânico. Wikipedia

Aventureiro, soldado e jornalista russo mais lembrado por seus serviços à República da África do Sul durante a Segunda Guerra Anglo-Boer. Nasceu em Tsarskoye Selo, um subúrbio de classe alta de São Petersburgo, filho de um oficial da marinha russo e de um aristocrata sueco. Wikipedia

Batalha durante a Segunda Guerra Anglo-Boer. Atacada em 16 de julho de 1900, sendo suas ordens para & quothold sua posição a todo custo & quot. Wikipedia


Danie Theron e o Cycling Corps

Danie Theron, que serviu na Guerra de Mmalebôgô (Malaboch) de 1895, era um verdadeiro patriota - acreditando no direito justo e divino dos bôeres de se opor à interferência britânica: "Nossa força está na justiça de nossa causa e em nossa confiança na ajuda de cima." 1

Antes do início da guerra, Theron e um amigo, J. P. "Koos" Jooste (um campeão de ciclismo), perguntaram ao governo do Transvaal se eles poderiam criar um corpo de ciclistas. (As bicicletas foram usadas pela primeira vez pelo exército dos EUA na Guerra Espanhola de 1898, quando uma centena de ciclistas negros sob o comando do Tenente James Moss foram levados às pressas para ajudar no controle de tumultos em Havana, Cuba.) Theron achava que o uso de bicicletas pois a equitação de despacho e o reconhecimento economizariam cavalos para uso em combate. Para obter a permissão necessária, Theron e Jooste tiveram que convencer os burgueses altamente céticos de que as bicicletas eram tão boas, senão melhores, do que os cavalos. No final, foi necessária uma corrida de 75 quilômetros de Pretória até a ponte do rio Crocodile 2, na qual Jooste, de bicicleta, derrotou um cavaleiro experiente para convencer o comandante-general Piet Joubert e o presidente J. P. S. Kruger de que a ideia era boa.

Cada um dos 108 recrutas para o "Wielrijeders Rapportgangers Corps"(Cycle Dispatch Rider Corps) foi fornecido com uma bicicleta, calção, revólver e, em ocasiões especiais, uma carabina leve. Mais tarde receberam binóculos, tendas, lonas e alicate de corte. O corpo de Theron se destacou em Natal e na frente oeste , e mesmo antes do início da guerra havia fornecido informações sobre os movimentos das tropas britânicas além da fronteira ocidental do Transvaal.

No Natal de 1899, o corpo de mensageiros do capitão Danie Theron estava enfrentando uma má entrega de suprimentos em seus postos avançados em Tugela. Em 24 de dezembro, Theron reclamou à Comissão de Suprimentos que eles foram gravemente negligenciados. Ele explicou que seu corpo, que estava sempre na vanguarda, ficava longe de qualquer linha ferroviária onde os suprimentos eram descarregados e seus vagões retornavam regularmente com a mensagem de que não havia vegetais, já que tudo havia sido transportado para os laagers que cercavam Ladysmith. Sua queixa era que seu corpo de exército fazia o trabalho de expedição e reconhecimento, e também era chamado para lutar contra o inimigo. Ele queria oferecer a eles um sustento melhor do que pão seco, carne e arroz. O resultado desse apelo rendeu a Theron o apelido de "Kaptein Dik-eet"(Capitão Gorge você mesmo) porque ele cuidou tão bem dos estômagos de seu corpo! 1


História Antiga do Álamo

Os colonos espanhóis construíram a Missão San Antonio de Valero, em homenagem a Santo Antônio de Pádua, nas margens do rio San Antonio por volta de 1718. Eles também estabeleceram a guarnição militar próxima de San Antonio de B & # xE9xar, que logo se tornou o centro de um assentamento conhecido como San Fernando de B & # xE9xar (mais tarde renomeado San Antonio). A Missão San Antonio de Valero abrigou missionários e seus conversos nativos americanos por cerca de 70 anos até 1793, quando as autoridades espanholas secularizaram as cinco missões localizadas em San Antonio e distribuíram suas terras entre os residentes locais.

Você sabia? Dez anos depois que o Texas conquistou sua independência e logo depois de ser anexado pelos Estados Unidos, os soldados norte-americanos reviveram o grito de batalha & quotLembre-se do Alamo! & Quot enquanto lutavam contra as forças mexicanas na Guerra Mexicano-Americana de 1846-1848.

No início do século 19, as tropas militares espanholas estavam estacionadas na capela abandonada da antiga missão. Por estar em um bosque de choupos, os soldados chamaram seu novo forte de & # x201CEl Alamo & # x201D em homenagem a Alamo de Parras, sua cidade natal no México. Tropas militares - primeiro espanholas, depois rebeldes e depois mexicanas - ocuparam o Álamo durante e após a guerra do México pela independência da Espanha no início da década de 1820. No verão de 1821, Stephen Austin chegou a San Antonio com cerca de 300 famílias norte-americanas que o governo espanhol permitiu que se instalassem no Texas. A migração de cidadãos dos EUA para o Texas aumentou nas próximas décadas, desencadeando um movimento revolucionário que explodiria em conflito armado em meados da década de 1830.


O primeiro ato de desobediência civil de Gandhi

Em um evento que teria repercussões dramáticas para o povo da Índia, Mohandas K. Gandhi, um jovem advogado indiano que trabalha na África do Sul, se recusa a cumprir as regras de segregação racial em um trem sul-africano e é expulso à força em Pietermaritzburg.

Nascido na Índia e educado na Inglaterra, Gandhi viajou para a África do Sul no início de 1893 para exercer a advocacia com um contrato de um ano. Estabelecido em Natal, foi submetido ao racismo e às leis sul-africanas que restringiam os direitos dos trabalhadores indígenas. Gandhi mais tarde relembrou um desses incidentes, em que foi retirado de um compartimento de trem de primeira classe e jogado de um trem, como seu momento da verdade. A partir daí, ele decidiu lutar contra as injustiças e defender seus direitos como índio e como homem.

Quando seu contrato expirou, ele decidiu espontaneamente permanecer na África do Sul e lançar uma campanha contra a legislação que privaria os índios do direito de voto. Ele formou o Congresso Indígena de Natal e chamou a atenção internacional para a situação dos índios na África do Sul. Em 1906, o governo do Transvaal procurou restringir ainda mais os direitos dos índios, e Gandhi organizou sua primeira campanha de satyagraha, ou desobediência civil em massa. Após sete anos de protestos, ele negociou um acordo de compromisso com o governo sul-africano.

Em 1914, Gandhi retornou à Índia e viveu uma vida de abstinência e espiritualidade na periferia da política indiana. Ele apoiou a Grã-Bretanha na Primeira Guerra Mundial, mas em 1919 lançou uma nova satyagraha em protesto contra o recrutamento militar obrigatório dos índios da Grã-Bretanha. Centenas de milhares responderam ao seu apelo para protestar e, em 1920, ele era o líder do movimento indiano pela independência. Sempre não violento, ele afirmou a unidade de todas as pessoas sob um Deus e pregou a ética cristã e muçulmana junto com seus ensinamentos hindus. As autoridades britânicas o prenderam várias vezes, mas seus seguidores eram tão numerosos que ele sempre era libertado.

Após a Segunda Guerra Mundial, ele foi uma figura importante nas negociações que levaram à independência da Índia em 1947. Embora saudasse a concessão da independência indiana como o & # x201Ato Noblest da nação britânica & # x201D, ele estava angustiado com a divisão religiosa de o antigo Império Mogul na Índia e no Paquistão. Quando a violência eclodiu entre hindus e muçulmanos na Índia em 1947, ele recorreu a jejuns e visitas às áreas problemáticas em um esforço para acabar com os conflitos religiosos na Índia. Em 30 de janeiro de 1948, ele estava em uma dessas vigílias de oração em Nova Delhi quando foi morto a tiros por Nathuram Godse, um extremista hindu que se opôs à tolerância de Gandhi para os muçulmanos.

Conhecido como Mahatma, ou & # x201Ca grande alma, & # x201D durante sua vida, os métodos persuasivos de desobediência civil de Gandhi influenciaram líderes de movimentos pelos direitos civis em todo o mundo, especialmente Martin Luther King Jr., nos Estados Unidos.


Locais históricos e museus da Carolina do Norte que destacam a Guerra Civil

Marcos históricos e um museu contam a história da batalha de março de 1865. Os destaques incluem o Cemitério de Chicora e o Líbano, a casa de fazenda de 1825 usada como um hospital da Confederação.

Batalha de Corridas Chicamacomico
Centro Cívico - Rota 12, Rodanthe
http://www.hmdb.org/marker.asp?marker=11489

Monumento ao ar livre que comemora a batalha de outubro de 1861.

Museu da Mansão Bellamy
503 Market Street, Wilmington
http://www.bellamymansion.org/

A União usou esta casa de fazenda espetacular como seu quartel-general militar após a queda de Wilmington em 1865.

Bentonville Battleground State Historic Site
5466 Harper House Road, Four Oaks
http://www.nchistoricsites.org/bentonvi/bentonvi.htm

A maior batalha travada na Carolina do Norte e a última grande ofensiva confederada da guerra ocorreu aqui. Harper House (no local) serviu como hospital de campanha da União durante a batalha.

Cape Fear Museum
814 Market Street, Wilmington
http://www.capefearmuseum.com/

Estabelecido em 1898 como um repositório de relíquias confederadas, o museu apresenta exposições que exploram a história de Wilmington, o bloqueio em execução e a Batalha de Fort Fisher.

Fort Anderson State Historic Site
8884 St. Philip’s Road Sudeste, Winnabow
http: //www,nchistoricsites.org/brunswic/brunswic.htm

A queda de Fort Anderson em fevereiro de 1865 permitiu que a União tomasse Wilmington e cortasse as linhas de abastecimento do exército confederado. Os visitantes podem ver quase 90 por cento da fortaleza de barro que resta até hoje.

Fort Branch
N.C. 1416, Fort Branch Road, Hamilton
http://www.fortbranchcivilwarsite.com/

Nas margens do rio Roanoke, este forte de terra protegia o canteiro de obras CSS Albemarle e uma ponte ferroviária. Sete canhões originais estão em exibição.

Fort Fisher State Historic Site
1610 Fort Fisher Boulevard, Kure Beach
http://www.nchistoricsites.org/fisher/

O Forte Fisher, o maior forte de terra da Confederação, protegia os corredores de bloqueio com destino a Wilmington carregados de mercadorias essenciais para o sul.

Fort Macon State Park
East Fort Macon Road, Atlantic Beach
http://ncparks.gov/Visit/parks/foma/main.php

As tropas da União capturaram este forte casematizado em abril de 1862 após um bombardeio terrestre e marítimo. Os visitantes podem ver os quartos restaurados e explorar um museu.

Fort Raleigh National Historic Site
1401 National Park Drive, Manteo
http://www.nps.gov/fora/index.htm

Este site pré-colonial contém exposições sobre a Guerra Civil e a Colônia dos Libertos.

Plantação de Liberty Hall
409 South Main Street, Kenansville
http://www.libertyhallnc.org/

Faça um tour pela casa da família Kenan no século XIX e veja as exposições e uma apresentação de vídeo destacando a vida nas plantações durante a Guerra Civil. O vizinho Cowan Museum (entrada gratuita) possui uma extensa coleção de artefatos rurais.

Museu do Albemarle
1116 U.S. 17 South, Elizabeth City
http://www.museumofthealbemarle.com/

Parte da Divisão do Museu de História da Carolina do Norte, este museu apresenta uma visão geral da Guerra Civil na região de Albemarle e oferece exposições sobre a escravidão e a vida nas plantações anteriores à guerra civil.

Museu do Cabo do Medo
801 Arsenal Avenue, Fayetteville
http://museumofthecapefear.ncdcr.gov/

Este museu, parte da Divisão do Museu de História da Carolina do Norte, exibe exposições da Guerra Civil e os restos de um arsenal usado para fornecer armas e munições para o sul.

Plantação de Poplar Grove
10200 U.S. 17 North, Wilmington
http://www.poplargrove.org/

Intérpretes fantasiados conduzem os visitantes por esta plantação pré-guerra e demonstram o artesanato do século XIX.

Este museu interpreta a Batalha de Plymouth, o CSS Albemarle e a ocupação sindical da cidade.

Sítio Histórico Somerset Place State
2572 Lake Shore Road, Creswell
http://www.somersetplace.nchistoricsites.org

Este local histórico examina as pessoas que viveram e trabalharam em uma das maiores plantações da Carolina do Norte e o impacto da Guerra Civil na vida das plantações.

Wayne County Museum
116 North William Street, Goldsboro
http://waynemuseum.org

Este museu apresenta uma exposição sobre a marcha do general William T. Sherman pelo Condado de Wayne a caminho de Raleigh.

Explore o campo de batalha onde as tropas confederadas tentaram deter a marcha do Major General John Schofield sobre Goldsboro.

Piemonte

O general confederado Wade Hampton usou esta casa histórica, construída em 1790, como sua sede. Também neste local, o General Joseph E. Johnston preparou documentos usados ​​para se render ao General William T. Sherman em 1865.

Bennett Place State Historic Site
4409 Bennett Memorial Road, Durham
http://www.nchistoricsites.org/bennett/

Ande pelo terreno onde ocorreu a maior rendição de tropas confederadas.

Burwell School Historic Site
319 North Churton Street, Hillsborough
http://www.burwellschool.org/

This site examines antebellum Hillsborough and the impact of the Civil War on the Burwell family, the slaves who lived and worked there, and the students who attended Burwell’s School for Young Ladies.

Greensboro Historical Museum
130 Summit Avenue, Greensboro
http://www.greensborohistory.org/

The site of a Confederate hospital, this museum exhibits rare Civil War weapons, historical prints, paintings, and other artifacts. A cemetery containing the graves of Civil War veterans lies on the museum grounds.

Historic Stagville
5825 Old Oxford Highway, Durham
http://www.stagville.org/

Dedicated to historic structure preservation and African American cultural history, this site offers tours of Civil War–era slave quarters, a house, and a barn.

Malcolm Blue Farm
N.C. 5 South (Bethesda Road) and Ives Drive, Aberdeen
http://www.townofaberdeen.net/pView.aspx?id=3520&catid=29

Union troops commandeered this farm and nearby Bethesda Church in March 1865. Today an exhibit details the Battle of Monroe’s Cross Roads.

Mendenhall Plantation
603 West Main Street, Jamestown
http://www.mendenhallhomeplace.com/index.html

Home of Quaker abolitionist Richard Mendenhall, the plantation houses such artifacts as a false-bottomed wagon used in transporting slaves to freedom.

North Carolina Museum of History
5 East Edenton Street, Raleigh
Hours: Monday through Saturday, 9:00 A.M. to 5:00 P.M. Sunday, noon to 5:00 P.M.
(919) 807-7900
http://ncmuseumofhistory.org/

The museum has a large collection of Civil War artifacts, some of which can be seen throughout its exhibitions.

Capitólio do Estado da Carolina do Norte
1 East Edenton Street, Raleigh
http://nchistoricsites.org/capitol/

The Capitol was the official site of the beginning and end of the Civil War in North Carolina. In the House chamber, representatives cast their votes to secede from the Union and join the Confederacy. After Union troops occupied the Capitol grounds in the spring of 1865, a signal message proclaiming the war’s end was dispatched from the Capitol roof.

Orange County Historical Museum
201 North Churton Street, Hillsborough
http://www.orangenchistory.org/index.html

This county museum presents the area’s Civil War history, including information about the Orange Guard Company.

The cemetery, adjacent to the site of Salisbury Confederate Prison, contains the graves of 11,700 unknown Union soldiers buried in eighteen trenches marked by head- and footstones.

Mountains

Catawba County Museum of History
30 North College Avenue, Newton
http://www.catawbahistory.org/museum-of-history

This county museum features a permanent Civil War exhibit that includes the Colonel Clinton Cilley collection of Confederate and Union artifacts.

Museum of the Cherokee Indian
U.S. 441 and Drama Road, Cherokee
http://www.cherokeemuseum.org/

One gallery in this recently renovated museum chronicles Thomas’s Legion, a Confederate regiment composed partly of Cherokee troops.

Zebulon Vance Birthplace State Historic Site
911 Reems Creek Road, Weaverville
http://nchistoricsites.org/vance/

This historic site features the reconstructed 1830s birthplace of North Carolina Civil War governor Zebulon B. Vance.

Check out this website that provides multiple ways to explore the Civil War history of North Carolina, including Civil War Trails.


A Terrible Glory: Custer and the Little Bighorn—the Last Great Battle of the American West

Speaking of standards, James Donovan’s 2008 effort on the most famous Indian fight in U.S. history is one. If you missed his A Terrible Glory: Custer and the Little Bighorn—the Last Great Battle of the American West, you’ve got another chance. The paperback edition is out, and it is a must read. Donovan takes an evenhanded approach to telling the tale, from the lead-up to the battle itself and then the aftermath. A Terrible Glory is comprehensive, eye opening and an absorbing read. There’s a reason Donovan was named True West’s Best Western Nonfiction Writer of 2009—and this is it.

Postagens Relacionadas

Menos negros se estabeleceram no Ocidente do que outros grupos, mas eles tinham uma identidade

The 20 short stories in this first volume vary from a 1953 Elmore Leonard reprint&hellip

The chronicles of Oklahoma’s history are more complete because of these three women: Muriel Wright&hellip

Mark Boardman é o editor de recursos de Verdadeiro oeste Revista, bem como o editor de The Tombstone Epitaph. Ele também atua como pastor da Poplar Grove United Methodist Church em Indiana.


Battle of Pea Ridge

The Battle of Pea Ridge played a pivotal role in securing Missouri for the Union and opened Arkansas to Union occupation. It played a large role in preserving Missouri’s tenuous loyal-state status.

After the Battle of Wilson’s Creek in Missouri, August 10, 1861, the command structure on both sides in Missouri underwent major overhauls. Union Major General Henry W. Halleck chose Brigadier General Samuel Ryan Curtis to command the force that fought at Wilson’s Creek, the newly christened Army of the Southwest. The Confederates also had command issues. Major General Sterling Price and Brigadier General Benjamin McCulloch feuded bitterly, and President Jefferson Davis chose Major General Earl Van Dorn to revive the Confederacy’s fortunes in the new Military District of the Trans-Mississippi.

Van Dorn’s plan to reinvigorate the Rebel cause west of the Mississippi River exhibited his reputation as an aggressive fighter. He planned to attack Curtis’s troops in northwest Arkansas and to capture St. Louis, Missouri. The Rebel Army of the West had about 16,000 men available for the upcoming struggle, while the Federal Army of the Southwest had about 10,250. The Confederates had advantages in men and artillery relative to their opponents, greater than any other Confederate force in a single campaign during the entire Civil War.

Van Dorn ordered the Army of the West north toward Fayetteville (Washington County), hoping to destroy the scattered Union detachments that Curtis dispersed around his central position near Little Sugar Creek. The plan failed as Union Brigadier General Franz Sigel’s forces in Bentonville (Benton County) escaped to Union lines around Little Sugar Creek. The Confederate men and animals were worn out from the march over the Boston Mountains, had had little sleep, and brought few supplies. Despite this, Van Dorn formed an even more ambitious plan. He decided to attack from the rear. He split the Army of the West into two forces, separated by Pea Ridge, one under McCulloch to skirt the western edge of the ridge and come in behind the Federal troops, while the other wing under Price would take the Bentonville Detour around the ridge, then take Telegraph Road south and link with McCulloch at Elkhorn Tavern to attack in the rear. While Curtis did not anticipate such a wide-ranging envelopment, he took precautions by felling trees and making obstructions to delay any Rebel moves around Pea Ridge via the Bentonville Detour.

The Confederate attack began the morning of March 7. Curtis initially believed that the Rebels were trying to slip part of their force around his right flank but that most of the force was in front of him. He dispatched troops under Colonel Peter J. Osterhaus from the Second Division to determine the strength of the Confederates to the west of his army. This sparked the first shots of the battle. After initial success, the Rebel attack at Leetown (Benton County) met disaster as McCulloch decided to reconnoiter the Federal position and was killed by Union troops. Yankee soldiers also gunned down the second-in-command, Brigadier General James McIntosh. The Confederates had huge advantages in numbers and men, but no leaders.

All was not lost for the Rebels. Colonel Louis Hébert led a large force east of Leetown in an attack on still-outnumbered forces. Hebert did not know about McCulloch and McIntosh’s deaths and that he was the highest-ranking Confederate officer on this part of the field. He led his force of about 2,000 in an uncoordinated and unsupported attack. His attack ran into dense woods and seemed to make progress. Yankee reinforcements led by Colonel Jefferson Columbus Davis of the Third Division blunted the assault Hebert got lost in the woods and was captured. Thus the Confederates were down to the fourth-ranking officer on the battlefield, Brigadier General Albert Pike. Pike did nothing to keep the Rebel effort going.

Price’s force was late in starting its attack, but once in action the Confederates made great progress. About 10:30 a.m., Curtis became aware of large numbers of Rebels on Telegraph Road, behind him. Colonel Eugene Carr’s Fourth Division gave ground grudgingly before Price’s superior numbers. In the late afternoon, the Confederates pushed Carr’s battered Fourth Division back from the area around Elkhorn Tavern. Missouri rebels led by Colonel Henry Little forced the Federal troops around Elkhorn Tavern south to Ruddick’s cornfield. A flank movement by Price’s forces against the Fourth Iowa under Colonel Grenville Dodge failed, but Little’s men moving east on Huntsville Road dislodged the Iowans as nightfall ended the fighting.

The Battle of Pea Ridge would be decided the next day. Curtis spent most of the night of March 7 preparing. He rearranged the Army of the Southwest and made sure the men were fed, rested, and supplied with ammunition. The next morning, Union troops were ready to resume combat, but the Confederates were not. Van Dorn needed to reconcentrate the army. In the process, he forgot to bring up the supply trains. Most of the Rebels did not get food or new ammunition. The mistake proved fatal.

The fighting on March 8 was decisive. Federal cannoneers quickly silenced, destroyed, or forced their Rebel counterparts to retreat. As Curtis prepared to attack with the entire Army of the Southwest, Van Dorn realized his supply trains were still in Bentonville. Comprehending he had lost and was in danger of being trapped and destroyed, Van Dorn sent the exhausted army east toward Huntsville (Madison County). The Battle of Pea Ridge was over, and it was a resounding Union victory.

The battle was one of the bloodiest west of the Mississippi. The Confederates suffered about 2,000 casualties. The Union had 1,384 casualties.

Pea Ridge changed the strategic outlook of the Civil War in the trans-Mississippi west. Van Dorn was so demoralized that he took the Army of the West to the east bank of the Mississippi, leaving Arkansas defenseless. This, combined with the Union victory at Pea Ridge, secured Missouri for the Union. Although Confederates made other attempts to take Missouri, the Pea Ridge Campaign proved to be the best opportunity for the Rebels. With Missouri and St. Louis secure, the Union emphasis switched to capturing the rest of the Mississippi River Valley.

For additional information:
Akridge, Scott A. and Emmett E. Powers. A Severe and Bloody Fight: The Battle of Whitney’s Lane & Military Occupation of White County, Arkansas, May & June 1862. Searcy, AR: White County Historical Museum, 1996.

Baxter, William. Pea Ridge and Prairie Grove: Scenes and Incidents of the War in Arkansas. Fayetteville: University of Arkansas Press, 2000.

Cristo, Mark K., ed. Rugged and Sublime: The Civil War in Arkansas. Fayetteville: University of Arkansas Press, 1994.

DeBlack, Thomas. With Fire and Sword: Arkansas, 1861–1874. Fayetteville: University of Arkansas Press, 2003.

Hess, Earl, William Shea, William Piston, and Richard Hatcher. Wilson’s Creek, Pea Ridge, and Prairie Grove: A Battlefield Guide, with a Section on Wire Road. Lincoln: University of Nebraska Press, 2006.

Josephy Jr., Alvin M. The Civil War in the American West. New York: Alfred Knopf, 1991.

Knight, James R. The Battle of Pea Ridge: The Civil War Fight for the Ozarks. Charleston, SC: The History Press, 2012.

Shea, William, and Earl Hess. Pea Ridge: Civil War Campaign in the West. Chapel Hill: University of North Carolina Press, 1992.

Terry Beckenbaugh
Contemporary Operations Studies Team, Combat Studies Institute
Fort Leavenworth, Kansas


Assista o vídeo: Boeing Flying Fortress visits the Poplar Grove Airport